Impotência Sexual Masculina – Principais Tipos e Causas

A impotência sexual masculina é a incapacidade de realizar o ato sexual, por não alcançar ou manter a ereção do pênis suficiente para introduzi-lo ou mantê-lo introduzido na vagina da mulher durante o tempo normal do coito.

impotência sexual nos homens

É a incapacidade de obter ou manter a ereção mais de 20 por cento do tempo. A disfunção erétil afeta milhões de homens.

Embora se costumava pensar que se devia a problemas psicológicos, atualmente sabe-se que de 80 a 90 por cento dos casos de impotência são causados por problemas físicos, geralmente relacionados com o fornecimento de sangue para o pênis. Houve muitos avanços, tanto no diagnóstico como no tratamento da disfunção erétil.

Tipos de Impotência Sexual, e suas causas

A seguir estão listados alguns dos diferentes tipos de impotência sexual masculina e suas possíveis causas:

A Ejaculação Prematura

A ejaculação precoce é a incapacidade de manter a ereção por tempo suficiente para obter a satisfação mútua. A ejaculação prematura é dividida em primária e secundária:

Ejaculação precoce primária

A ejaculação precoce primária é um comportamento que o homem aprende no início de sua vida sexual ativa. Como qualquer comportamento que se aprende, este pode ser modificado. Esta forma de ejaculação precoce primária é nomeado como impotência sexual psicológica (oposta à orgânica ou física). (O acidente vascular venoso congênito é uma parte da ejaculação precoce primária, causada por acidente vascular venoso de nascimento, no qual o sistema de drenagem venosa do pênis não se fecha adequadamente.)

Ejaculação precoce secundária

A ejaculação precoce secundária ocorre quando, depois de muitos anos de ejaculação normal, a duração da relação sexual diminui progressivamente. A ejaculação precoce secundária deve-se a causas físicas, que geralmente afetam as artérias ou veias do pênis ou a ambas.

Ansiedade de desempenho

A ansiedade de desempenho é uma forma comum de impotência sexual psicológica geralmente causada por estresse ou ansiedade. Nestes casos, o uso do viagra natural masculino já pode resolver o problema de imediato.

Depressão

A depressão é outra causa da impotência sexual psicológica. Alguns medicamentos antidepressivos causam disfunção erétil.

Impotência orgânica

A impotência sexual orgânica afeta as artérias ou veias do pênis ou a ambas e é a causa mais comum de impotência, sobretudo em homens de idade avançada. Quando o problema é arterial, geralmente é causada por arteriosclerose ou endurecimento das artérias, embora a causa poderia ser um trauma para as artérias.

Os fatores de risco controláveis de arteriosclerose – o excesso de peso, falta de exercício, o colesterol elevado, pressão arterial elevada e fumar cigarros – muitas vezes podem causar disfunção erétil antes de afetar o coração. Muitos especialistas acreditam que, quando as veias são a causa, o acidente vascular venoso ou “insuficiência cavernosa” é o problema vascular mais comum.

Diabetes

A impotência sexual é comum em pessoas com diabetes. Nos Estados Unidos existem mais de 5 milhões de homens adultos com diabetes e calcula-se que metade deles são impotentes e, com o tempo, a outra metade ficará impotente.

O processo envolve o “endurecimento” prematuro e invulgarmente grave das artérias. Geralmente, as pessoas que têm diabetes podem sofrer de neuropatia periférica, que afeta os nervos que controlam as ereções.

Causas neurológicas

Existem muitas causas neurológicas (problemas dos nervos) da impotência sexual masculina. A diabetes, o alcoolismo crônico, a esclerose múltipla, a intoxicação por metais pesados, as lesões da medula espinhal e dos nervos, e os nervos danificados por operações pélvicas podem causar disfunção erétil.

Impotência sexual induzida por medicamentos

Uma grande variedade de medicamentos de prescrição, como os medicamentos para a hipertensão, os medicamentos antidepressivos e contra a ansiedade, colírio para glaucoma e os agentes quimioterapêuticos contra o câncer são apenas alguns dos muitos medicamentos associados à impotência.

Impotência induzida por hormônios

As anomalias hormonais, como o aumento de prolactina (hormônio produzido pela glândula pituitária anterior), o abuso de esteroides por fisiculturistas, muita ou muito pouca hormônio da tireoide, e os hormônios administrados para tratar o câncer de próstata podem causar impotência. Raramente a testosterona baixa é responsável pela disfunção erétil masculina.